SOMENTE MUSICAS GOSPEL

Loading...

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

SOMENTE DEUS É A SAIDA DE TODOS OS NOSSOS PESARES.


Quando o Mar Não Se Enche



Todos os ribeiros vão para o mar, e, contudo, o mar não se enche; para o lugar para onde os ribeiros vão, para aí tornam eles a ir.” Eclesiastes 1:7



É curioso como o sábio Salomão usa elementos conhecidos e simples da natureza, para chegar a profundidade da verdade. O primeiro passo para entender o texto acima, é lembrar que o contexto da escrita é a vaidade. A figura de linguagem que o sábio usa é simples; afinal todos nos sabemos que os ribeiros e rios sempre terminam despejando suas águas no mar. E sabemos também que o mar não se enche. Ao falar dos ribeiros, Salomão compara ele as avenidas da alma, que enche o nosso coração de vaidade. Ao mesmo tempo ele completa sua analogia dizendo que embora os caminhos que alimentam a nossa vaidade sejam muitos, ela nunca estará satisfeita.

 O mundo moderno está cheio de atividades que promove o egocentrismo e a individualidade do ser humano. O vestuário, o palavriado, o estilo de vida, tudo isso reflete o anseio do ser humano de ocupar um espaço de vantagem sobre o outro. No fundo, no fundo, o autor está dizendo que a vaidade humana nunca será satisfeita, é como o mar, nunca se enche. A insatisfação do coração humano consigo mesmo, desperta a alma para uma procura incansavel de coisas que superem o vazio do coração, e nos transforma em um caçador de coisas que alimentem a nossa vaidade. A busca na ânsia de preencher este vazio, tem levado pessoas a viver uma vida miseravel, e alguns até o suicidio.

A segunda parte do texto parece ser um pouco mais complicada de entender, mas  veja como a Bíblia na Linguagem de Hoje traduz esta segunda parte: “A água volta para onde nascem os rios, e tudo começa outra vez.” Essa é uma definição precisa daqueles que passam a vida buscando a vaidade. Salomão questiona se realmente vale a pena viver a vida desta maneira, pois voce caminha, caminha, e no fim voce termina no mesmo lugar. Nós vivemos esta vida para construir um caráter. Um caráter para eternidade. Disso depende o nosso futuro, a vida ou a morte. A vanglória ou a futilidade da vida, é como a água destes ribeiros que cai no mar, depois evapora para as nuvens, e cai em forma de chuva nos ribeiros novamente.

 A vaidade é assim, quanto mais alimentamos ela, mas nos tornamos dependentes. Nossa escolha de glórificar a Deus em nossa vida, vai fundamentar o caráter para viver a vida eterna. E esta vida futura, será incomparavel com as vanglórias e vaidades, que este mundo pode oferecer. Que neste Sábado voce possa erguer os seus olhos para o alto; para aquele que tem poder para fazer do teu nome, um nome de glória. Uma glória que será eterna, e que vai refletir Jesus para sempre. Amém!





Tudo Isso é Cansaço

Todas essas coisas se cansam tanto, que ninguém o pode declarar; os olhos não se fartam de ver, nem os ouvidos de ouvir.” Eclesiastes 1:8
Desde que o pecado entrou no mundo, o cansaço tem sido parte integrante da vida do ser humano. E quando nós estamos cansados fisicamente, não esxiste nada melhor do que dormir. Repousar, ou descansar, é uma grande benção. O Sábado por exemplo, é uma experiência renovadora na vida do Cristão, e isso é uma realidade, porque Deus o estabeleceu como um dia de descanso. Salomão em sua descrição dos elementos naturais, nos mostra que eles são governados por um ciclo que se repete constantemente. Assim também é a nossa vida. Uma rotina constante. Dia após dia, semana após semana, mês após mês, tudo a mesma coisa.
O sábio olha para essa rotina diária, e ele diz que isso é um cansaço tão grande, que não da para contar. O grande desafio do inimigo é ludibriar esta canseira. Nosso cansaço na terra do pecado, se justifica no fato de que nós fomos criados a imagem de Deus para viver eternamente. Nós fomos programados para usufruir de valores eternos, e não essa mediocridade finita que o pecado nos oferece. Apesar dos esforços do inimigo para distrair a pessoas do enfado do pecado, a canseira é visivel. Os nossos olhos não se cansam de ver, e os nossos ouvidos de ouvir, as tragédias do dia a dia, da vida humana.
Satanás usa a vaidade para ofuscar a cansaço da vida. Ele fica alimentando o nosso ego, dizendo que o mundo tem algo a nos oferecer, e que nós podemos ser ou ter alguma coisa, e que as coisas boas da vida pode remediar a canseira do pecado. Isso é mentira. Enquanto não voltamos ao nosso Edén restaurado, nosso único descanso é os braços de Jesus. Sua promessa é real: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.” Mateus 11:28. Este é o verdadeiro e único descanso que poderemos ter aqui neste mundo. Não nos esqueçamos, que como Salomão está falando da vaidade humana, do trabalho humano, e dos interêsses humanos, ele se refere a tudo isso como uma grande canseira.
Jesus nós oferece um descanso: ” Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para a vossa alma.” Mateus 11:29. O segrêdo para vencer o cansaço da vida é aprender de Jesus. É aprender da sua mansidão, da Sua humildade, e com Ele aprendermos a apreciar os valôres eternos. Talvez ao ler esta mensagem voce esteja cansado, ou stressado das coisas da sua vida, mas lembre-se que Jesus está fazendo um convite, para partilhar com voce o descanso dEle. Este Sábado com certeza pode ser um Sábado diferente. Um Sábado especial. Especial porque voce vai usufruir do descanso de Jesus. Um descanso que alivia a alma, alivia a dor, trata das feridas, repara o sofrimento, e traz balsámo ao coração. Este descanso começa aqui, e continua na eternidade.
 Voltando ao Seu Lugar
 E nasce o sol, e põe-se o sol, e volta ao seu lugar, de onde nasceu”.Eclesiastes 1:5
Talvez olhemos para este pequeno texto, e ficamos pensando o que o sábio estava querendo dizer, quando a partir do versículo 5 ele começou a usar os elementos da natureza. Ao usar a natureza para ilustrar a limitação da vida humana, Salomão usa o sol, o vento e o mar como elementos poderosos da criação de Deus. Note, que existe muitos elementos da natureza que o homem pode dominar, mas o sábio apresenta três, que com certeza são muito mais poderosos, do que a força humana. Apesar dos poderes sobrenaturais destes elementos, a Bíblia mostra que eles também têm suas limitações, e que através do seu ciclo de atuação em nosso planeta, nós podemos aprender algumas lições que podem nos ajudar a viver melhor. O primeiro elemento apresentado é o Sol, com toda a sua força pujante e viril. Poderíamos conceber um mundo sem sol? Deus em sua infinita sabedoria criou o sol para gerar luz e calor, a fim de que o homem criado, pudesse usufruir a luminosidade e aquecimento do mesmo.
Salomão usa esta ilustração, para nos mostrar que mesmo o sol com o seu potencial luminoso, tem a suas limitações e precisa nascer e morrer a cada dia. Obviamente, que sabemos que é o movimento da terra que regula este morrer e nascer, mas o fato é que por causa deste fenômeno, nos temos a parte escura e a parte clara. Em sua ilustração mostrando a efemeridade da vida, o sábio nos diz que o ciclo do sol é como o do homem, que nasce, brilha, aquece, e morre, voltando para o lugar de onde veio. Mais de uma vez o sábio realça essa enfática mensagem de que o homem veio do pó da terra e para lá voltará: “Então o nosso corpo voltará para o pó da terra, de onde veio, e o nosso espírito voltará para Deus, que o deu”.Ecles. 12:7. O uso do ciclo solar para ilustrar a vida humana é muito apropriado. Ele nos mostra, que assim como o único objetivo do sol é iluminar e aquecer, assim também a vida humana deveria viver para refletir a glória de Deus. Nosso gol na vida Cristã, deveria ser aquecer o coração das pessoas, com esta esperança de um futuro eterno. No entendimento de Salomão, não há tempo para curtir as vaidades deste mundo, porque no fim de tudo, nós vamos acabar voltando para o pó da terra.
Quando leio este texto, vou um pouco mais fundo na sua interpretação. Nos nascemos no Jardim do Éden, no universo eterno e perfeito de Deus, e a Bíblia diz que é para lá que nós vamos voltar. Não podemos nos prender aos prazeres efêmeros deste mundo, porque há um galardão garantido para cada um de nós no mundo porvir. Que bom vai ser voltar para o lugar de onde nascemos! Que bom vai ser morrer para este mundo, e nascer para eternidade! Que possamos viver a vida brilhando como o sol, e aquecendo a vida dos nossos semelhantes. E quando chegar a hora do pôr-do-sol da história deste mundo, que nós possamos retornar a nossa terra de nascimento, e ai viver, uma vida de glórias com nosso Senhor Jesus. Que agente se encontre lá!

FELIZ SÁBADO!

Pr. Dilson Bezerra

Dallas Brazilian SDA Church

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queridos amigos deixe seus comentários e terei prazer em responder, claro se desejar.
Pois será bem vindos.
E disse Jesus aprendei de mim que sou manso e humilde de coração e encornareis descanso para vossas almas.
Tenha sempre bons momentos ao lado de Jesus.