SOMENTE MUSICAS GOSPEL

Loading...

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Até a Manhã de Luz ''Céu ''



Se Tu me acordares pela manhã com o som da Tua voz carinhosa, eu me deitarei cada noite confiando em Ti. Salmo 143:8, The Message


A graça é uma boa noite de sono. Salomão declarou que o sono do homem trabalhador é doce (Ec 5:12). Verdade. Porém, mais doce ainda será se dormirmos na expectativa de ouvir a voz carinhosa de Deus pela manhã.

Em 2004, C. Harry Causey, diretor de música do National Christian Choir [Coral Cristão Nacional] dos Estados Unidos, compôs uma linda canção, “When I Lay Me Down to Sleep” [Ao Deitar-Me para Dormir]. Parte da letra diz assim:

Mantenha-me sob Tua proteção, Senhor,
A noite inteira.
Segura-me em Teus braços, querido Pai,
Até a manhã de luz, até a manhã de luz.

Não é interessante como as atitudes em relação ao sono mudam ao longo do curso de nossa vida? Quando crianças, queremos ficar acordados até tarde junto com os mais velhos. Temos certeza de que perderemos todas as coisas boas quando eles nos fizerem ir para a cama e permanecerem acordados.

Noelene e eu temos duas netas maravilhosas, o orgulho e a alegria de nossa vida. Essa é a boa notícia, mas a má é que elas moram em outro país. Nós as vemos uma ou duas vezes por ano, e sempre nos falamos ao telefone.

Certa noite, ao ligarmos para elas, a mais velha atendeu. Conversamos por aproximadamente 20 minutos; então ela disse:

– Você quer falar com a Jacqui?

Em seguida, a irmã de sete anos entrou na linha. Ela é muito falante – e como é! Ela falou e falou. Começou a propor enigmas. Parecia nem ter tempo para respirar até que, por fim, Noelene a interrompeu dizendo:

– Jacqui, deve estar na hora do seu banho.

– Ah, vovó! – ela respondeu. – Eu já tomei banho. Estou na cama!

Minha amada espertinha alongando a conversa para roubar 30 minutos da hora de dormir! Nós que somos mais velhos encaramos o sono de forma diferente. Nós lhe damos as boas-vindas. Sabemos que uma boa noite de sono é um dom da graça. A menos que Jesus volte enquanto eu ainda estiver vivo, cairei em sono profundo pela última vez, por um longo tempo. Oro para que os meus olhos se fechem confiando nEle, meu Senhor e Salvador. Ele me guardará até a manhã de luz.

 Vi novo céu e nova Terra, pois o primeiro céu e a primeira Terra passaram, e o mar já não existe. Apocalipse 21:1, ARA


Através do profeta Isaías o Senhor prometeu: “Preste muita atenção agora: Estou criando novos céus e nova Terra. Todos os problemas, o caos e a dor anteriores são coisas do passado, a ser esquecidas” (Is 65:17, The Message).


Na ilha de Patmos, João, o amado, então idoso, o último sobrevivente dos doze, contemplou em visão o cumprimento da promessa: “Vi o céu e a Terra recriados. Passado o primeiro céu, passada a primeira Terra, passado o mar. [...] Ouvi uma voz ribombar do Trono: ‘Olhe! Olhe! Deus Se mudou para a vizinhança, edificando Sua casa entre homens e mulheres! Eles são Seu povo, Ele é Seu Deus. Ele enxugará toda lágrima de seus olhos. A morte deixou de existir para sempre – as lágrimas se foram, o pranto se foi, a dor se foi; as primeiras coisas passaram” (Ap 21:1-4, The Message).

Meu ser clama pela nova ordem de Deus, pelo dia em que a graça atingirá seu glorioso final na maior demonstração divina de amor, pelo dia em que o Éden florir na Terra novamente e a justiça reinar de um polo ao outro. Leio a promessa de Isaías e meu coração exulta! Leio a visão de João e meu coração responde: “Amém!”

Você já parou para pensar longa e seriamente sobre o Céu? É bom fazê-lo; isso o ajudará a manter viva a esperança. “Cada um de nós tem uma imaginação a respeito do lar dos remidos”, escreveu Ellen White. “É preciso lembrar, entretanto, que ele será mais glorioso do que o pode pintar a mais brilhante imaginação. Nos variados dons de Deus na natureza só discernimos o mais pálido vislumbre de Sua glória” (Caminho a Cristo, p. 86, 87).

Sim, tenho que confessar que alguns aspectos do Céu me deixam confuso. A vida na Terra é marcada pelo compasso do tempo, mas a vida na Terra renovada não será assim. Ali o tempo desaparecerá na eternidade. Aqui a existência envolve esforço e luta, vitória. E lá? O Céu será como um cruzeiro sem fim? Acho que não. Apenas no sentido de tranquilidade e liberdade das preocupações que um bom cruzeiro traz. Mas, muito mais do que isso, será vida em abundância!

Deus está criando uma nova ordem – a ordem do Céu. Podemos confiar que Ele fará o melhor.

M diaria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queridos amigos deixe seus comentários e terei prazer em responder, claro se desejar.
Pois será bem vindos.
E disse Jesus aprendei de mim que sou manso e humilde de coração e encornareis descanso para vossas almas.
Tenha sempre bons momentos ao lado de Jesus.