SOMENTE MUSICAS GOSPEL

Loading...

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

FELIZ SÁBADO A TODOS UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA NA COMPANHIA DE jESUS

BOM SÓ PARA OLHAR
13/09/2013




Há caminhos que parecem certos, mas podem acabar levando para a morte. Provérbios 14:12

Não será a primeira vez, nem a última, que você se deliciará comendo com os olhos, mas se frustrando com a boca. A lista dos “bons para olhar, e horríveis para comer” é grande: bolos e tortas faraônicos, obras de arte de doces e pratos ultracomplexos. E nada disso, no entanto, significa um bom apetite.

Os franceses são um exemplo dessa “traição do paladar”. Isso mesmo! Eles são conhecidos pelo bom gosto e requinte de seus pratos. Além de seus restaurantes exclusivos – os bistrôs com refeições que custam mais de 100 euros –, eles são especialistas em doces. Dentre eles, existe algo capaz de encantar a visão e aguçar o paladar. Ele é pequeno, colorido, tentador e se chama macaron.

Nas ruas de Paris, as vitrines apetitosas saltam aos olhos dos turistas. E os macarons são a atração principal. Como pequenos “pães de mel” arredondados, açucarados, tingidos de várias cores e com um recheio macio entre duas bolachas crocantes, são vendidos em caixas capazes de seduzir qualquer pessoa a comprar dezenas de sabores diferentes. No entanto, a menos que você goste de uma enjoativa maria-mole endurecida com açúcar de doer os dentes, cheirando a ovo, os macarons são uma decepção. Servem para ser admirados, mas não devorados. E se gasta muito para nada.

Perdoe-me se estou sendo muito depreciativo em relação aos macarons, mas tem muita coisa assim, não é? Sabia que se gastam fortunas com embalagens atraentes? E você acaba fisgado pelo comércio sedutor com apelos consumistas. Você já sonhou tanto com uma roupa ou um tênis e, quando ganhou, nem usou tanto? É porque compramos mais por paixão do que por necessidade, e isso é ainda mais comum entre os adolescentes. Não se deixe levar pela publicidade interesseira, nem pelas marcas com preços estratosféricos. Seja sábio ao comprar, escolher, experimentar e desejar. Deus lhe dá o discernimento necessário para fugir dos “algodões-doces” da vida, que são cheios de açúcar, mas vazios de nutrientes. Cuide com a vontade que pode sufocar a razão.

Jesus estará com você para não deixá-lo ser arrastado pelo consumo dos olhos. E seu apetite será satisfeito.






PREPARA-TE JESUS ESTA VOLTANDO 






POR DO SOL 18:00 HORAS






Badaladas do Céu



 14/09/2013

Tudo neste mundo tem o seu tempo. Eclesiastes 3:1

Provavelmente, você deve ter um relógio digital, em vez de usar um de ponteiros. Acertei? Confesso que sou admirador número um de belos relógios de pulso com aqueles ponteiros tradicionais estilizados e modernos. Agora, vamos viajar para conhecer um relógio enorme cujos ponteiros de horas e minutos medem, respectivamente, 2,7 e 4,3 metros de comprimento? Ele é o relógio mais famoso do mundo e, com certeza, o ponto turístico mais tradicional da Inglaterra. Coroando o topo da torre principal do Parlamento Britânico, lá está o Big Ben.

Sabia que, na verdade, essa obra arquitetônica se chama “Torre do Relógio”? O nome Big Ben foi dado por causa do imenso sino de 17 toneladas cujas badaladas são transmitidas até pela rádio mais importante de Londres. Fora as manutenções regulares ou os problemas causados por reveses climáticos, ele só parou de soar nas duas Guerras Mundiais – inclusive apagando seus ponteiros à noite para não atrair ataques aéreos inimigos. Mas, até hoje, todo mundo conhece o relógio por Big Ben e admira sua impecável precisão no horário, com uma pontualidade digna dos britânicos.

Hoje, ele não é o maior relógio do mundo. O recorde está na cidade de Meca, na Arábia Saudita. O relógio de lá tem incríveis 43 metros de diâmetro de um canto a outro do visor – algo como duas quadras de basquete lado a lado. Que tal?

A verdade é que relógios existem somente por causa de uma palavra importantíssima: tempo. Afirma-se que tempo é o que gastamos amando. Isto é, o que fazemos de importante para nós – comer, correr, dormir ou ganhar dinheiro. Tudo isso custa tempo e carrega nossa vida junto. Então lhe pergunto: Como você está usando seu tempo? O que você “ama” a ponto de gastar seu precioso tempo com isso?

Convide Jesus para passar tempo ao seu lado. Não abra mão de orar, ler a Bíblia e fazer seu culto todos os dias. Aproveite para se aventurar com Cristo, obedecendo aos Seus mandamentos. Você será mais feliz e muito mais esperto para encarar o que vier pela frente. Com Deus não há erro: ninguém perde tempo. No máximo, encurta a espera para ver Jesus voltando logo!

O sino do Seu retorno já está soando...


Vila de Pedra



 15/09/2013

Eu lhe ensinarei o caminho por onde você deve ir. Salmo 32:8

Renascer das cinzas. Essa expressão que sugere vitória e superação é comumente usada em muitas situações. Tem gente que perdeu tudo e reconstruiu um império. Outros foram desacreditados no esporte, mas provaram que poderiam realizar muito mais. Sem contar que todos nós enfrentamos derrotas e, nem por isso, perdemos a chance de vencer logo a seguir.

Determinação e senso de reconquista são características de um curiosíssimo vilarejo que continua de pé em um dos lugares mais charmosos do mundo. De fronte para o Mediterrâneo, na bela Côte d’Azur da Riviera Francesa, está a cidadezinha de Èze. Ela fica em cima de uma rocha, chamando a atenção de quem passa na direção de Cannes ou do Principado de Mônaco. Ali, a riqueza é vista nos carros de luxo que trafegam normalmente pelas estreitas estradas. Porém, não era assim quando Èze começou sua história.

Esse vilarejo de pedras rústicas e ruas medievais parece um cenário de filme dos tempos antigos. E ele faz juz a isso. Afinal de contas, já havia gente morando por lá muitos séculos antes. Já pensou nisso? Passou a conquista do Império Romano, depois vieram a Idade Média, as revoluções europeias e, ainda hoje, aquelas casas apinhadas continuam de pé. Enfim, resistência e perseverança são expressões muito próprias para essa aldeia que parece ter sido transportada em uma máquina do tempo.

Voltando à expressão do início do texto, “renascer das cinzas”, ou sobreviver através das lutas, gosto de pensar em quantos heróis bíblicos passaram por essa experiência. Lembra-se de Sansão? Estava tudo acabado para ele, mas houve uma segunda chance, e ele defendeu o nome de Deus entre os filisteus. Pedro estava com a alma abatida após negar Jesus três vezes, mas Cristo provou que o amava dando-lhe um ministério fantástico nas décadas seguintes. Enfim, a Bíblia é um livro com histórias reais de superação, em que aparentes “perdedores” deram a volta por cima!

Vamos fazer melhor que a cidadezinha de Èze? Vamos durar eternamente? Coloque Jesus em primeiríssimo lugar! O tempo, as lutas e os inimigos passarão, mas você permanecerá firme. Mesmo se for para renascer das cinzas.


Cidade Fantasma


16/09/2013


Ele agarrou o dragão [...] e o amarrou por mil anos. Apocalipse 20:2

Eu não acredito em assombração. Você também nunca deve acreditar. Porém, é difícil encontrar outra palavra para ilustrar o destino sombrio de uma cidade chamada Pripyat.

Situada ao norte da Ucrânia, essa é uma cidade como qualquer outra: há prédios, casas, supermercados e postos de combustível. Tudo está lá, menos as pessoas.

Completamente desabitada, essa cidade tornou-se “fantasma” de repente – após um dos maiores desastres da história do mundo moderno. Era abril de 1986, e foi em um determinado dia que o impensável aconteceu. Uma das maiores usinas nucleares da Rússia entrava em colapso, deixando o planeta em pânico.

Você já ouviu falar em Chernobyl? Esse é o nome assustador que tornou a radioatividade um inimigo real para muita gente que morava nas proximidades. Para você ter uma ideia do que foi isso, a radiação lançada pelos ares por causa do acidente foi 400 vezes maior do que a bomba atômica de Hiroshima, que devastou toda a cidade japonesa na Segunda Guerra Mundial.

Hoje, chegar até Pripyat é uma experiência solitária e silenciosa. Um enorme caixão de concreto foi construído às pressas para lacrar toda a área central do reator que explodiu. Porém, os cientistas garantem que serão necessários pelo menos 900 anos para que os índices de radioatividade se estabilizem a ponto de permitirem que vida humana retorne àquela imensa região desabitada.

Ou seja, alguém só poderá morar lá no ano 2886!

Sabe o que isso me lembra? A prisão que o inimigo de Deus sofrerá, chamada milênio. Serão mil anos em que Lúcifer irá permanecer neste mundo sem a presença de nenhum ser humano sequer para ele tentar, prejudicar e enganar. Enquanto isso, os salvos terão tempo de sobra para conhecer todos os registros do juízo divino. Não haverá dúvida alguma sobre a justiça perfeita do Senhor.

Você quer estar no Céu enquanto a Terra ficará desolada por tantos anos? Viva este dia com Jesus. Assim, você estará protegido contra a perigosa radiação do pecado.

meditação juvenil cpb




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Queridos amigos deixe seus comentários e terei prazer em responder, claro se desejar.
Pois será bem vindos.
E disse Jesus aprendei de mim que sou manso e humilde de coração e encornareis descanso para vossas almas.
Tenha sempre bons momentos ao lado de Jesus.